Polo gesseiro recebe incentivos para exportar

Fonte: Apex Brasil

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, anunciou nesta segunda-feira (25), em Araripina, ações voltadas para aumentar a competitividade de empresas instaladas no polo gesseiro, com o objetivo de aumentar as exportações do setor. Os mercados-alvo são Canadá, EUA, México, Chile, Colômbia, Paraguai e Peru. 

 

Voltado para empresas de pequeno e médio portes, o Projeto Setorial do Gesso é mais uma ação do Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE), lançado em Pernambuco pelo ministro em novembro do ano passado. Ao todo, o projeto vai atender 37 empresas, sendo 33 de Pernambuco e o restante do Ceará, Pará e Amazonas. A meta é exportar US$ 350 mil em 2016 e chegar a US$ 500 mil em 2017. 

 

O projeto é uma parceria do Sindicato da Indústria do Gesso (Sindusgesso) e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). O convênio para a implementação das ações relacionadas no projeto será assinado pelo ministro Armando Monteiro durante o evento. O orçamento do projeto é de R$ 3,4 milhões para dois anos de atividades. Desse total, 70% serão aportados pela Apex-Brasil e o restante ficará a cargo dos parceiros. 


(Leia na íntegra)