O que atrai tantos chineses à maior feira de negócios e tecnologia do Brasil?

Fonte: Gazeta do Povo

Quem viu a lista de expositores da Eletrolar, feira de negócios e tecnologia que ocorreu em São Paulo entre os dias 17 e 20 de julho, reparou na grande quantidade de nomes chineses. A Eletrolar é um tradicional evento no calendário anual de fabricantes, distribuidores e lojistas, mas a forte presença da China é recente. O que eles estavam fazendo ali?

Negócios, claro. Mais de 120 expositores chineses vieram a São Paulo tentar fechar contratos com lojas e fabricantes já estabelecidas no Brasil e na América Latina. E embora tenham dividido o Transamerica Expo Center na capital paulista com nomes conhecidos dos consumidores brasileiros e seja um pedaço oficial da Eletrolar, esse lado da feira tem nome e área dedicadas: é a Latin American Electronics International Trade Show.

Resumir a participação chinesa na Eletrolar a uma palavra, porém, seria uma análise superficial. No terceiro dia da feira (19), conversamos com alguns representantes de empresas de lá e com Carlos Clur, CEO do Grupo Eletrolar, que organiza a feira, para entender a presença deles aqui.