Mauritânia quer se transformar em hub para exportação de produtos brasileiros na África



Fonte: ANBA

Mauritânia quer se colocar como um hub de exportação para os produtos brasileiros na África. O país tem importantes parcerias comerciais com nações que compram no Brasil no continente e pode servir como ponto de distribuição dos produtos nacionais aos países africanos. A informação é de Wagne Idrissa, embaixador da Mauritânia em Brasília.

Idrissa visitou a sede da Câmara de Comércio Árabe Brasileira nesta segunda-feira (08) para conversar com empresas nacionais interessadas em fazer negócios com seu país. As conversas seguem até terça-feira (09).

“A Mauritânia é um hub estratégico entre a África do Norte e o Sul da África. A Mauritânia tem dois grandes portos e um terceiro em construção. Também temos um dos maiores aeroportos da África, que é de âmbito internacional”, destacou Idrissa, referindo-se ao Porto Autônomo de Nouakchott e ao Porto Autônomo de Nouadhibou. O país conta ainda com o Porto de Pesca Artesanal de Nouadhibou, focado apenas na atividade pesqueira.

O embaixador afirmou que boa parte dos países com os quais o Brasil tem importantes relações comerciais na África, como Angola, Costa do Marfim, Moçambique e Senegal, costuma fazer negócios por meio da Mauritânia. “Na África Central, mais de 40% do comércio é [feito] junto com a Mauritânia”, disse Idrissa.

(Leia na íntegra)