Maio registra superávit recorde de US$ 6,4 bilhões

Fonte: MDIC

No acumulado do ano, saldo da balança comercial também foi o maior já registrado para o período: US$ 19,7 bilhões

Em maio, a balança comercial brasileira registrou exportações de US$ 17,571 bilhões e importações de US$ 11,134 bilhões, resultando em um superávit recorde de US$ 6,4 bilhões. O maior saldo registrado em meses de maio havia sido em 2008: US$ 4,1 bilhões. A informação foi dada pelo secretário de Comércio Exterior do MDIC, Daniel Godinho durante a coletiva de imprensa, ontem, em Brasília, para comentar os dados.

O resultado também é positivo no acumulado do ano. De janeiro a maio de 2016 as exportações superaram as importações em US$ 19,681 bilhões, revertendo o déficit alcançado em igual período de 2015, que foi de US$ 2,301 bilhões. Godinho lembrou que o saldo acumulado em 2016 está no mesmo patamar do resultado registrado nos doze meses de 2015 (US$ 19,69 bilhões).

O secretário ressaltou a importância da contribuição do superávit comercial para as contas externas do país. “O resultado positivo da balança comercial brasileira já representa mais de 70% da redução do déficit nas transações correntes”. Ele destacou ainda o crescimento de 15,8% do Índice Quantum no acumulado do ano e o aumento do número de exportadores. De janeiro a maio, mais 1.703 empresários começaram a exportar.


(Leia na Integra)