Importação: o bem ou o mal?


Fonte: Administradores

Muitos países tratam a importação como um mal econômico para o país, regem leis protecionistas ou barreiras comerciais, para impedirem ou dificultarem a entrada daquele produto ao país. Contudo a importação não é um mal, pelo contrário, devemos olhar o comércio internacional sempre como uma visão corrente de comércio e não somente pela balança comercial.

Na minha visão para o país, importação deveria ser uma contrapartida de uma exportação, formando essa corrente de comércio que tanto falamos. Globalmente o equilíbrio do comércio exterior deve ser tratado como uma parceria, uma cooperação comercial entre dois países, afim de gerar negócios para ambas as partes.

Mas porque a importação deve acontecer, existe três razões, isoladas ou em conjuntos:

1. Necessidade: importação por necessidade é quando um país ou empresa necessita de um produto que não consegue ser encontrada no país de origem;