Embaixador vê Mercosul e União Europeia "muito próximos" de fechar acordo de livre comércio


Fonte: Comex do Brasil

O Mercosul e a União Europeia estão "muitos próximos" de assinar um acordo de livre comércio. O embaixador da União Europeia (EU) no Brasil, João Cravinho, disse acreditar que o acordo deve sair entre junho e julho deste ano. O fechamento do acordo, segundo ele, depende apenas que os dois lados superem algumas diferenças nos setores agroindustrial e industrial.

A declaração do embaixador foi feita em meio ao início em todo o Brasil da 14ª edição da Semana Europeia, que começou nesta quarta-feira (9), data de celebração do Dia da Europa.

Cravinho não quis entrar em detalhes sobre as diferenças que existem entre as propostas da União Europeia e as do Mercosul. "Isso faz parte do segredo do negócio", argumentou. Admitiu, porém que as diferenças atrasam o processo de negociação, uma vez que "têm algum impacto e algum valor para o lado europeu e para o lado brasileiro, e o lado do Mercosul em geral".

O embaixador afirmou que, apesar das dificuldades em curso, tanto os consumidores europeus quanto os do Mercosul terão muitos benefícios com o acordo, lembrando que os produtores brasileiros poderão colocar café, carne e inúmeros outros artigos nas prateleiras do comércio varejista da Europa, de maneira mais fácil e barata.

(Leia na íntegra)