Desafio do setor portuário é impulsionar a economia brasileira, destaca Helder


Fonte: Portos e Navios


O ministro dos Portos, Helder Barbalho, afirmou, terça-feira (6), que a pasta é estratégica para impulsionar a atividade produtiva, aumentar a eficiência do escoamento e facilitar as exportações. “Hoje, a via marítima representa mais de 80% do fluxo de comércio em dólares e cerca de 95% das toneladas exportadas. Somos um país que tem no seu agronegócio uma grande força para o equilíbrio da sua balança comercial e da sua economia”, destacou em seu discurso durante a cerimônia de transmissão de cargo, ocorrida em Brasília.

Helder destacou que o desafio é se dedicar a abrir caminhos para que nossas empresas cresçam, com um mínimo de perda por problemas de transporte, dentro de prazos e custos razoáveis. “E é o que vamos fazer”, garantiu. O ministro destacou ainda o trabalho do seu antecessor, o agora deputado federal Edinho Araújo à frente da pasta. “Temos recursos para investir e temos uma parte importante do caminho andado. Então, esta é a hora da realização, em que nada pode ficar para depois”, afirmou.

O ministro lembrou que boa parte das ações estão em planos e programas da Secretaria de Portos. “Temos que dar continuidade ao trabalho realizado. Fazer mais com o que temos, como lembrou nossa presidenta”, disse, acrescentando que outro desafio é melhorar as condições de trabalho dos profissionais empregados na cadeia produtiva. “Aqui estaremos sempre de portas abertas para todos do setor”, ressaltou.

(Leia na íntegra)