Calçadistas brasileiros negociam US$ 33,6 milhões na Itália


Fonte: Abicalçados

A participação de 53 marcas brasileiras em uma das mais tradicionais feiras calçadistas do mundo, a theMicam, comprovou o bom momento do calçado brasileiro nos mercados internacionais. A mostra, que aconteceu entre os dias 1º e 4 de setembro, em Milão, na Itália, reuniu 1,4 mil expositores e foi visitada por mais de 30 mil compradores, mais da metade de fora do país de realização do evento. A participação verde-amarela foi viabilizada pelo programa de apoio às exportações de calçados Brazilian Footwear, desenvolvido pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). 

Conforme relatório da Abicalçados, foram gerados negócios na ordem de US$ 10,4 milhões, uma participação histórica das marcas brasileiras que deve gerar mais US$ 23,2 milhões em negócios alinhavados para os próximos seis meses. “Foram mais de 1,5 mil contatos com compradores de alto nível, sendo quase mil deles novos. As empresas saíram muito satisfeitas”, comemora a analista de Promoção Comercial da Abicalçados, Juliana Kauer. O resultado foi superior ao registro da mostra do ano passado, quando foram gerados U$ 10,2 milhões durante e US$ 19 milhões de negócios futuros à theMicam – a contabilidade era realizada para os 12 meses seguintes. 

Preço ajudou, mas não foi tudo

Juliana ressalta que o dólar valorizado ajudou a formação de preços mais competitivos para os calçadistas nacionais, o que alavancou um número significativo de negócios. Porém, não foi tudo. Segundo ela, a aceitação das coleções de primavera-verão das marcas nacionais foi muito boa, gerando interesse de grandes players do varejo mundial que visitaram a mostra.

(Leia na íntegra)