Brasil poderá dispensar dólar para comércio com o Irã


Fonte: EXAME


O Brasil fará uma ofensiva para triplicar o comércio com o Irã nos próximos três anos, especialmente na área de alimentos, proteínas e transportes, e considera aceitar o uso de outras moedas nas transações em vez do dólar, como o euro, para evitar barreiras financeiras, disse nesta terça-feira o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Em entrevista à Reuters, Armando Monteiro Neto afirmou que a meta é elevar a corrente de comércio de 1,7 bilhão de dólares de 2015 a pelo menos 5 bilhões de dólares nos próximos três anos, e o Brasil está disposto a atender ao pedido iraniano de usar o euro nas transações.

“Eu acho que temos caminhos para poder trabalhar bem essa questão de como pagar, que tipo de modalidade, que moeda. Temos um comitê para cuidar especificamente desses temas financeiros. Estamos flexíveis”, afirmou o ministro.


(Leia na íntegra)