Após 12 anos, Mercosul e UE avançam com negociações do acordo de livre comércio


Fonte: Comex do Brasil

Após 12 anos de negociação, Mercosul e União Europeia avançam mais uma importante etapa na negociação e trocam a lista de ofertas – Principais aspectos

A troca ocorrida pela primeira vez desde 2004 incluiu todos os produtos agrícolas, embora importantes produtos da pauta de exportação do Mercosul, tais como Carne e Etanol ficaram de fora das negociações.

Doze anos após as primeiras discussões sobre um possível Acordo Internacional (Free Trade Agreement – FTA) entre MERCOSUL e União Europeia, pela primeira vez, membros dos dois blocos se encontraram em Bruxelas, no dia 12 de maio de 2016 e efetuaram a troca das ofertas comerciais entre as duas partes.

Tais atrasos nas negociações são devido a diversos fatores, tais como sucessivas tentativas de adiar esta decisão por parte de alguns países da Zona do Euro. França, Irlanda e Hungria, com apoio discreto da Lituânia, Polônia e Estônia, por exemplo, na reunião da Comissão Europeia de novembro de 2015, manifestaram-se contra a retomada das negociações com o Mercosul, uma vez que representantes do setor agrícola e industrial destes países ainda objetaram fortemente, sob argumentações de que alimentos geneticamente modificados não poderiam entrar nos países e que as restrições na área industrial e de serviços continuariam elevadas.

(Leia na íntegra)