Acordo Mercosul/Colômbia levará ao aumento das exportações da cadeia têxtil e de confecção

Fonte: comex do Brasil

Brasília – A assinatura do acordo entre o Mercosul e a Colômbia, que reduzirá a zero as tarifas de importação para o mercado colombiano de todos os itens da cadeia têxtil e de confecção vai contribuir para o aumento das exportações desse setor para o país vizinho. O acordo foi firmado no dia 21 de julho passado e a expectativa é de que trará novas perspectivas para a relação entre os países membros do Mercosul (Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai) com a Colômbia.

O acordo de livre comércio deverá beneficiar as exportações brasileiras para a Colômbia, que é um dos sete países-alvo no biênio 2017/2019 do Programa de Internacionalização da Indústria Têxtil e de Moda Brasileira (Texbrasil), resultado de uma parceria entre a Associação Brasileira da Indústris Têxtil (Abit) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

A Colômbia sempre ocupou um lugar de destaque nas ações da produtora de índigo e brins Vicunha Têxtil, que desde 2002 participa da Colombiatex com o apoio do Texbrasil e, atualmente, conta com escritório comercial e showroom na cidade de Medellín, para atender mais diretamente os mercados regionais do país. O gerente de exportação da Vicunha, José Otavio de Souza, revela que a perspectiva é de crescimento.

(Leia na íntegra).